O uso das cores na publicidade

Texto adaptado de Prof. Me. Breno Brito

Certamente, você já ouviu expressões como “fulano ficou “roxo de raiva”, “branco de susto” ou “vermelho de vergonha””.


Também já deve ter notado que a maioria das lanchonetes abusa do vermelho e do amarelo, que as clínicas médicas preferem o branco e os tons de verde, que os “homens de negócio” apostam no preto e que as mulheres dispostas a seduzir preferem o vermelho.


É possível citar uma infinidade outros exemplos coloridos, mas estes são suficientes para demonstrar que as cores despertam sensações, manifestam estado de espírito e influenciam comportamentos. Então, não há como negar que, psicologicamente, o homem é atraído pela infinidade de tons e cores.


Reagimos de maneira mais emotiva do que racional diante das cores.


Elas exercem um papel importante no psicológico. São utilizadas para estimular, acalmar, afirmar, negar, decidir, curar e, no caso da propaganda, vender!


Por isso, a propaganda se utiliza das cores para despertar tais sensações, atrair o público e influenciar o consumo.

O Diretor de Arte não escolhe as cores levando em conta apenas seu gosto pessoal. Ele detém conhecimentos sobre o significado e a influência das cores, sua harmonia, luzes, contrastes, etc. Por isso, todo conhecimento sobre cores é fundamental para o sucesso de uma marca ou campanha.


A percepção das cores no nosso psicológico depende de vários fatores, como o modo de vida, a cultura, o ambiente, a faixa etária, o sexo, etc. Na China, por exemplo, a cor do luto é azul. Outras culturas associam o branco a morte. Portando, dependendo desses fatores, as cores podem ter interpretações e significados diferentes.


RGB

No processo aditivo, as cores são geradas através da mistura dos comprimentos das ondas de luz, que irradiam o vermelho, o verde e o azul. O branco é a junção de todas as cores, pois é irradiada sua carga máxima de luz. O preto é a ausência de luz. Esse processo é conhecido como RGB e é utilizado principalmente para vídeos e internet.


CMYK

No processo subtrativo, as cores são determinadas pela absorção e subtração da cor branca, seguindo pela maior ou menor quantidade de pigmento das tonalidades do vermelho, azul e amarelo. Essas cores, misturadas em sua porcentagem máxima, resultam em preto. Esse processo é conhecido como CMYK, onde se compreende como Cian, Magenta e Yellow, onde, adicionado ao BlacK, produz uma quantidade infinita de cores. Também conhecido como impressão 4 cores.

1 visualização

Indaiatuba

São Paulo

+55 19 2516-5548

+55 11 9.7684-2864

  • Facebook
  • YouTube
  • WhatsApp

Receba nossas notícias e novidades.

Copyright © 2008/2020 Mauthe/Comm Creative Advice - CNPJ 14.907.699/0001-82.

Rua Dom José, 781, casa 2 - Jd. Pau Preto - Indaiatuba - São Paulo.

Os personagens Thagore™ e DAN2038™ são trademarks da Mauthe/Comm Creative Advice
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização expressa.